Votos monásticos Quanzhen

Votos monásticos Quanzhen

O conteúdo das regras monásticas da Tradição Completa Perfeição Quanzhen

 

Cânone Taoísta da Era Zhengtong tinha as regras monásticas da Tradição Completa Perfeição escrita na virada das dinastias Yuan e Ming, e impresso na dinastia Ming. O prefácio original, disse que o Regimento da Tradição Monástica Quanzhen (Completa Perfeição) tinha sido compilado na Dinastia Yuan por Lu Daohe, um taoísta da Tradição dessa tradição. As regras monásticas composto de 12 capítulos, incluindo os ritos, ensaios e normas e mandamentos. Nele são dez itens para a punição dos taoístas de acordo com a Lista de Punições do Soberano Imperial Chongyang como o fundador da tradição Quanzhen ("教主重阳帝君责罚榜" Jiaozhu Chongyang Dijun Zefabang). Qualquer taoísta que cometer um delito seria punido em conformidade. Teria a certeza de ser transferido para outro templo, ou ser convidado a deixar o templo por bem. Ou poderia ser obrigado a jejuar por um determinado tempo. Cuidar da queima de incenso, das velas, a lâmpada de óleo, cuidar do chá, ou ajoelhar-se diante das estátuas. Na lista de regras de Homem perfeito Changchun ("长春真人榜" Changchun Zhenren Bang) existem os mandamentos (votos) de Qiu Chuji que um taoísta não deve ser um ser ganancioso, nem ser contrariar os outros, não buscar prazeres com mulheres e bela música, etc

 

O conteúdo dos Três Preceitos (Votos) Tang (三 堂 大戒 Santang Dajie )

 

 

Este livro é também chamado de Altar dos Três preceitos. Refere-se aos preceitos que consiste no Ensino fundamental da Perfeição (初真戒Chuzhen Jie), os preceitos Médios (终极戒Zhongji Jie), e os Preceitos dos Imortais Celestiais (天仙戒Tianxian Jie), que compunham os votos para a transmissão da Tradição Completa Perfeição (Quanzhen). Como está escrito no "砵戒" Bojian pelo disciplinador da 7 ª geração da seita Porta do Dragão (Long Men) da Tradição Quanzhen. Ele os instituiu à luz do sistema de três preceitos do buddhismo. Os preceitos dos Iniciantes, o votos do Khiksu e os votos Bodhisattva, 沙尼戒,比丘戒,菩萨戒Shami Jie, Biqiu Jie, Pusa Jie. Eles foram inicialmente transmitidos individualmente e em segredo. Quando Wang Changyue esteve a cargo do Templo da Nuvem Branca , algumas mudanças aconteceram. Ao contrário de Qiu Chuji, Wang Changyue estruturou os Votos do Altar Dao para transmitir através do ensino público. Além disso, ele teve muitos seguidores a quem ensinar os votos no altar, a partir do 13 º ano do período de Shunzhi (1656).Dessa forma, a tradição Portão do Dragão da Tradição Quanzhen tornou-se muito próspera. Os Três Preceitos (Votos) Tang também eram chamados os Três Mandamentos do Altar de cem dias . Para ser aceito como um taoísta, um devoto deve passar cem dias em ritos e práticas. Isso foi chamado de Inicio do Período dos Mandamentos. Após a Revolução de 1911, todas as atividades de divulgação dos votos da Tradição Completa Perfeição teve que parar por vários motivos. Em 12 de novembro de 1989, quando o Templo da Nuvem Branca reabriu seu Altar de Votos, a Tradição Completa Perfeição retomou suas atividades de divulgação dos preceitos depois da metade de um século.