Deus e Deusa da terra

Deus e Deusa da terra

Deus e Deusa da Terra


Deus da Terra Tu Di Gong 土地公  também conhecido como Tu Di (土地), Gong Tu (土公), e Dabo Gong (大伯公).

É uma divindade popular, adorado pela religião popular chinesataoístas . O nome formal para Tu Di Gong em chinês simplificado é: 福德正神 ; pinyin : zhèngshén Fude  significando Deus Da Terra da riqueza e do mérito.

Na China, cada aldeia tinha um santuário para Tu Di Gong. Essa divindade era encarregada de administrar os assuntos de uma vila particular. Em tempos tradicionais, as preocupações da aldeia eram basicamente agrícolas ou relacionados ao clima. Este Deus não era todo-poderoso, mas era um modesto burocrata celeste para quem os moradores podem recorrer em momentos de seca ou fome . 

Hoje, ele ainda é adorado pela maioria dos chineses, em muitos pequenos santuários existe sua imagem. Geralmente localizado debaixo do altar principal, ou abaixo da porta de casa. Muitos adoram dedicar orações a ele por sua riqueza e bem-estar. Ele também é tradicionalmente adorado perante o sepultamento de pessoas falecidas em agradecimento por usar sua terra para devolver os seus corpos. 

 Muitas vezes é chamado de vovô Tu Di Gong refletindo a sua estreita relação com as pessoas comuns. 

Tu Di Gong é retratado como um homem idoso com uma longa barba branca, um chapéu preto ou dourado e uma túnica vermelha ou amarela, o que significa a sua posição como um burocrata. Ele carrega uma bengala de madeira na mão direita e uma de ouro à esquerda. 

 

Deusa da Terra

Tu Di Pó a mulher do Deus da Terra

 

No campo, ela considerada uma mulher, Tu Di Pó 土地婆 Deusa da Terra. Ela colocado ao lado do Deus da Terra no altar. Ela pode ser vista como uma divindade benevolente e apenas no mesmo nível de seu marido, ou como uma velha mulher rancorosa retendo as bênçãos do marido dela. O que explica que nem sempre se recebe a justa remuneração por bom comportamento. 

Outra história diz que Tu Di Po é uma jovem senhora. Após Tu Di Gong receber uma classificação celeste concedeu tudo o que o povo pediu. Quando um dos Deuses desceu à Terra para fazer inspeções, viu que "Tu Di Gong estava distribuindo bênçãos desnecessariamente. Logo depois, o Deus foi para o Palácio Celestial e comunicou ao Imperador de Jade. 

Depois que o Imperador de Jade soube, ele descobriu que havia uma senhora que ia ser morta, mas não havia cometido erros para essa condenação. Assim, o Imperador de Jade disse para um Deus descer à Terra e trazer a dama para o céu. Quando a senhora foi levada para o Palácio Celestial, o Imperador de Jade a considerou como esposa de Tu Di Gong . Ela foi encarregada para cuidar da quantia de bênçãos que Tu Di Gong distribui e que não deve ser desnecessariamente distribuída. É por isso que muitas pessoas não querem dedicar respeito a Tu Di Pó, porque eles têm medo de que ela não deixara Tu Di Gong conceder muita riqueza.